10 erros que pode estar a cometer quando utiliza um empilhador

10 erros que pode estar a cometer quando utiliza um selecionador de encomendas

 

Conduzir um selecionador de encomendas requer muito conhecimento e bons reflexos. Na verdade, a condução de um empilhador envolve riscos reais. Todos os anos, há cerca de 8300 acidentes que envolvem condutores.

Mas quais são as suas causas? Na maioria das vezes, os acidentes podem ser evitados com boas práticas e com o cumprimento das normas de segurança. Uma boa planificação do tráfego ajudará também a reduzir os acidentes.

Mas está realmente a par de todas as regras que devem ser respeitadas ao conduzir um selecionador de encomendas? Para descobrir, certifique-se de que não comete nenhum destes 10 erros comuns:

 

 

1. Conduzir em marcha-atrás utilizando espelhos retrovisores

Uma das coisas mais importantes a ter em conta é que os espelhos não são concebidos para dirigir em marcha atrás. São dispositivos que fornecem uma ajuda muito útil para as manobras. Lembre-se que ao conduzir em marcha-atrás, ou seja, quando a visibilidade para a frente é reduzida por uma carga volumosa, deve olhar diretamente para trás.

2. Não verificar o peso da palete antes de a levantar

O hábito de carregar o mesmo tamanho de carga, ou de utilizar sempre o mesmo empilhador, é uma má prática. Isto acontece porque o empilhador pode não ser o adequado para o peso da carga que pretende transportar. Certifique-se de que só levanta e move cargas adequadas ao seu empilhador. Para o fazer, basta consultar a tabela de dados de carga do veículo.

3. Não usar cinto de segurança

Mesmo em viagens curtas, existe risco de queda. Os fabricantes de empilhadores são obrigados por lei a instalar um sistema de retenção. O cinto de segurança não é o único sistema de retenção disponível, no entanto, ajuda a evitar acidentes fatais em caso de capotamento (condutor retido dentro da cabina sem risco de esmagamento). Portanto, aperte o cinto de segurança!

4. Carregar a bateria sem utilizar equipamento de proteção pessoal (EPI)

Para recarregar baterias muitas regras devem ser seguidas: Deve ser efetuado por pessoal devidamente qualificado e num local bem ventilado. Se possível, deve ser reservada uma área específica para este fim. Não devem ser colocadas ferramentas metálicas sobre a bateria. É proibido fumar (emissão de hidrogénio durante a carga = risco de explosão). Tirar anéis, relógios e jóias... Mas acima de tudo, o uso de EPI para se proteger é obrigatório. Incluindo óculos de proteção e luvas.

 

5. Não comunicar uma falha ao seu gestor de armazém ou chefe de equipa

No início ou no fim de um turno, poderá notar uma falha no equipamento que está a utilizar: água, combustível, fuga de óleo, etc. É essencial notificar o seu gestor de armazém ou gestor de equipamento desta falha para que o equipamento possa ser reparado o mais rapidamente possível. Isto garantirá que o equipamento possa ser utilizado com segurança por si e por outros.

 

 

6. Falha no ajuste do seu assento/posição do condutor

A maioria dos empilhadores hoje em dia têm posições de condução que podem ser ajustadas para se adequarem ao condutor. Em particular o assento (que pode ser deslocado para a frente ou para trás dependendo do comprimento das pernas, e adaptado em peso e possivelmente em altura). O volante de direção (inclinação e profundidade) também pode ser ajustado. Tirar um minuto para ajustar corretamente a sua posição irá reduzir o risco de TME (perturbações músculo-esqueléticas) e fadiga no final do dia. Pense nisso! O trabalho será mais agradável se se sentir confortável.

7. Conduzir com os garfos para cima

 

Outro erro comum, que afeta a segurança de todos no armazém, é a posição dos garfos. Independentemente da carga (vazia ou não), é essencial levantar os garfos cerca de 15 cm acima do solo enquanto se conduz. Isto reduzirá o risco de inclinação e/ou queda da carga. Conduzir com a carga levantada faz com que o centro de gravidade da máquina se desloque, o que reduz a sua estabilidade.

Além disso, a condução com os garfos levantados aumenta o risco de colisão com elementos da estrutura do edifício. Isto irá também afetar a estabilidade dos empilhadores.

8. Virar as rodas numa rampa ou inclinação

É muito importante ser especialmente cuidadoso ao conduzir em inclinações ou rampas. Em particular, é essencial não virar a direção de modo, a que o empilhador atravesse a encosta transversalmente. Isto reduzirá o risco do empilhador cair ou capotar.

9. Conduzir numa rampa com a carga virada para baixo

Uma das regras de ouro do tráfego de empilhadores é quando se conduz em rampas. Deve ter a certeza de conduzir com a carga virada para cima:

  • Ao conduzir em subidas, conduza para a frente.
  • Ao conduzir em rampas, conduza para trás.

10. Não adaptar a condução se forem instalados equipamentos ou ferramentas especiais no empilhador

Se algum equipamento especial ou opcional for instalado no empilhador. O fabricante deverá fornecer-lhe uma folha de carga atualizada e recomendações sobre a forma de operar e adaptar a sua condução. Isto acontece porque a estabilidade do empilhador pode ser afetada.


Leave a comment

Comments

No comments